Hipermídia quilombola

1. TV Povos do Mar – Quilombos Urbanos, Casa do Boneco de Itacaré – Itacaré, Bahia – PARTE 1

2. TV Povos do Mar – Quilombos Urbanos, Porto de Trás – Itacaré, Bahia – PARTE 2

3. TV Povos do Mar – Quilombos Urbanos, Caçandoca – Ubatuba, São Paulo – PARTE 3

4. O que é Quilombo

A primeira definição de quilombo data de 1740, reportada pelo Conselho Ultramarino ao rei de Portugal, e é a que se mantém mais forte até os dias atuais no senso-comum: toda habitação de negros fugidos, que passem de cinco, em parte despovoada. O quilombo era visto, então, como algo do passado, em área isolada e formado exclusivamente por escravos tentando fugir do sistema de escravidão. Porém, à época da abolição, os negros habitaram territórios rurais desocupados, mantiveram-se nas terras de seus antigos donos e, ainda, compraram ou receberam terras como pagamento por serviços prestados ao Estado. E estes diferentes grupos, junto aos fugitivos, deram origem às comunidades quilombolas.

5. Tráfico de escravos é desencavado na região portuária do Rio de Janeiro

Pesquisadores contam sobre o material decorrente do tráfico de escravos encontrado nas escavações realizadas na zona portuária do Rio de Janeiro:

Saiba mais detalhes na reportagem: http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=4569&bd=1&pg=1&lg=

6. A escravidão brasileira retratada em fotos inéditas de um período vergonhoso,violento e esquecido de nossa história:

7. 1/4 – Brasil: Uma História Inconveniente / Brazil – An Inconvenient History (Legendado)

Enquanto todo o mundo conhece a história da escravidão nos EUA, poucas pessoas percebem que o Brasil foi, na verdade, o maior participante do comércio de escravos. Quarenta por cento de todos os escravos que sobreviviam à travessia do Atlântico eram destinados ao Brasil, quando apenas 4% iam para os EUA.
Chegou uma época em que a metade da população brasileira era de escravos. O Brasil foi o último país a abolir a escravidão, em 1888.
O documentário tem depoimentos dos historiadores João José Reis, Cya Teixeira, Marilene Rosa da Silva; do antropologista Peter Fry e outras pessoas que contam os efeitos de séculos de escravidão no Brasil de hoje. Este é um importante documentário sobre a história dos negros, história africana e estudos latinoamericanos.

continua> 2/4 – Brasil: Uma História Inconveniente / Brazil – An Inconvenient History (Legendado)

continua> 3/4 – Brasil: Uma História Inconveniente / Brazil – An Inconvenient History (Legendado)

continua> 4/4 – Brasil: Uma História Inconveniente / Brazil – An Inconvenient History (Legendado)

2 pensamentos sobre “Hipermídia quilombola

  1. É triste admitir que sequêlas daquela época resistiram ao tempo, o povo brasileiro tenta esconder a história e toda a sua sujeira através da lei áurea que foi tão conveniente a Portugal, não se pensou na crueldade que se praticava com nossos irmãos, chegamos ao absurdo de tratar homens como animais(ou pior), como raça inferior por sua cor e condição social….e o que mudou?.
    Excelente trabalho adorei, servirá muito para minhas pesquisas.

    parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s